Dicas sobre as Listras, Verticais, Horizontais e Diagonais

Foi-se o tempo que usar roupa de listra era sinônimo de engordar. Elas são básicas, modernas e combinam facilmente com produções do dia a dia de trabalho ou de lazer.

A moda está muito democrática e as técnicas de style existem para nos auxiliar e podermos usar tudo a nosso favor.

Um detalhe importante a ser lembrado, as regras abaixo também valem para  tecidos com texturas que formam listras (sejam elas horizontais, verticais ou diagonais), os efeitos e cuidados são os mesmos, como se fossem um tecido listrado.

Para melhor auxiliá-las, seguem as regras a serem respeitadas na hora da escolha das listras e assim  valorizar o seu tipo de corpo:

Listras Horizontais: para as mulheres que não são desprovidas de altura e de peso, podem abusar das listras horizontais, em qualquer espessura e cor. A grosso modo, poderíamos afirmar que esse tipo de listra encurta e engorda. Mas não é exatamente assim.  As mulheres que tem alguns quilinhos a mais, também podem usar, para isso, as dicas são: opte por listras mais estreitas e de fundo escuro, assim você criará uma ilusão de ótica que não a deixará com as medidas ainda maiores e, procure usá-la na região do corpo que mais lhe favorece.

Listras Verticais: são excelentes para alongar qualquer silhueta. Os olhos nessa estampa, inevitavelmente correm de cima para baixo, fazendo com que a impressão alongadora predomine. Mas a dica para quem está um pouco acima do peso é optar pela técnica do fundo escuro e pela espessura mais fina.

Listras Diagonais: são tão aliadas quanto as listras verticais para afinar a silhueta. Elas geram movimento e disfarçam os quilinhos a mais. Apesar de pouco falada, a listra diagonal está em voga e muito apareceu nas passarelas da última temporada de desfiles internacionais de moda.

Um beijo,

Carol e Sheila

 

Você pode gostar também

Deixe seu comentário

(Seu email não será publicado)